Arthur Conan Doyle: o pai de Sherlock Holmes

Sherlock Holmes já foi representado diversas vezes no cinema e na TV, já ganhou paródia em desenhos animados e quadrinhos e inspirou diversos romancistas policiais da atualidade, Conheça o homem por trás desse ícone.

Por Alexandre Melo, do Recife
O verdadeiro gênio por trás de Sherlock Holmes: seu autor Arthur Conan Doyle. Fonte UOL.
Talvez você nunca tenha lido um livro sequer dele, mas com certeza já ouvir falar do intrépido detetive inglês Sherlock Holmes, seja pelo cinema, por séries ou pelas inúmeras referencias a ele nos desenhos animados. Mas afinal quem é esse emblemático autor de romances policiais que criou este ícone da investigação?

Adaptação de Sherlock Holmes para TV inglesa de 1954. Fonte Wikipedia
Arthur Conan Doyle foi um escritor e médico britânico, que nasceu na Escócia, é responsável por mais de 60 história do famoso detetive. No inicio escrevia suas histórias entre uma consulta e outra quando os negócios em seu consultório não iam bem. Desta feita escreveu (em minha opinião o seu melhor livro) Um Estudo Em Vermelho, obra que nos apresenta a seu detetive, e o inseparável amigo Watson, sendo publicado em 1887. Dai por diante foram 4 romances e inúmeros contos.

Dois "Vingadores" da  já viveram Holmes nos tempos atuais: Robert Downey Jr. na fatídica duologia 2009 pela Warner e Benedict Cumberbatch pela série da BBC.

O autor conta em sua biografia que se inspirou em seu professor da universidade para criar Sherlock. Contudo Doyle também tinha outros trabalhos literários e em 1893, exausto, decide matar  Holmes, alegando que ele "lhe privava tempo de obras mais importantes", contudo a recepção do público não foi positiva, e o autor decide "salvar" Sherlock da morte e o faz aparecer em outros pequenos contos, mostrando que mesmo contra sua vontade, sua obra já não lhe pertencia, mas sim ao publico que adorava seu personagem. Uma curiosidade é que o endereço do detetive, o famoso 221B Baker Street não existia na vida real na época, apenas após o crescimento da rua, e com uma renumeração das propriedades da região, é que a residencia passou a figurar nos mapas.

Até o famoso coelho Pernalonga já encarnou o detetive de Doyle. Warner Bross





Doyle morreu em 1930 de ataque cardíaco, aos 71 anos. Seu legado contudo permanece vivo atravessando gerações principalmente relacionado ao seu detetive mais famoso.

Os Encadernados da Martin Claret

A editora Martin Claret recentemente lançou dois enormes encadernados contendo todas as histórias do Sherlock Holmes: Um com todos os contos, e outro com os 4 romances (Um Estudo em Vermelho, O Signo dos Quatro, O Cão dos Baskerville e o Vale do Terror.) as ilustrações são de Sidney Paget,‎ e Casemiro Linarth traduz as obras. Recebemos a edição dos romances de luxo, belíssima, que enobrece qualquer estante de aficionados em livros. Segue imagens:


 A capa é um espetáculo a parte, em tom vermelho, conta com uma arte vintage, destacando o quão grandiosos esses clássicos são. O papel usado tem uma coloração que simula o envelhecimento, para dar um ar mais nostálgico a leitura, as imagens clássicas estão distribuídas pelas páginas dos romances.

E você, já leu alguma das histórias de Sherlock Holmes? Conta pra gente ai nos comentários!
Adquira NESTE LINK sua edição um preço super especial! 


Recebemos essa edição de cortesia de nossa parceira Editora:




Tecnologia do Blogger.