E Viveram Felizes Para Sempre, Julia Quinn

Por Jaci Pandora, do Recife

E Viveram Felizes Para Sempre é o nono e último livro da série “Os Bridgertons” da Julia Quinn, no entanto ele não contem mais um romance e sim um conjunto de nove contos sobre toda a família abordando fatos ocorridos após o final feliz de cada um dos irmãos, mais um conto especial sobre Violet contando como ela conheceu Edmund e como foi para ela seguir com a vida depois de sua morte.


Geralmente o final de uma série é aguardado com muita ansiedade, mas não sei se eu estava realmente ansiosa por terminar a Saga dos Bridgertons. Foi um caminho tão delicioso conhecer a história de cada um dos oito filhos e filhas de Violet Bridgerton que suas histórias bem poderiam não acabar nunca.

Julia Quinn tem qualquer coisa de Sherazarde em sua forma de contar as histórias. Seu ritmo cadenciado de narrativa mesmo quando não é surpreendente é envolvente e acalentador do tipo que coloca um sorriso no rosto da pessoa do prefácio ao epílogo e nos deixa sempre com o gosto de quero mais. É impressionante como ela desenvolve bem os diálogos, como seus personagens possuem carisma, como em sua Inglaterra o clima sempre é propicio ao sonho e as borboletas viajam para nosso estomago.


Como nos oito livro anteriores de sua série, esse também pode ser lido isoladamente e os contos nele contidos serão compreendidos. Porém para quem leu os livros anteriores e já conhece toda a família, seus parentes, aderentes e peculiaridades o prazer da leitura praticamente não tem limites. Cada conto nos coloca entre velhos amigos queridos sobre os quais a gente sempre anseia por mais notícias e a segurança de saber o quanto eles estão bem e felizes.


Foram três anos acompanhando a trajetória dessa família, nós vimos os filhos mais velhos de Violet, Anthony, Benedict, Colin, Daphne, constituírem família, acompanhamos o florescer de Eloise e Francesca e o crescimento de Grepory e da terrível Hyacinth. Nos surpreendemos, apaixonamos, as vezes choramos (eu sou uma molenga gente) e construímos um laço de afinidade e amor com a família inteira de maneira que ter em mãos esse livro e saber o quanto todos realmente foram felizes ao longo de suas vidas foi maravilhoso.


A série Os Bridgertons coloca em evidencia o quão carismática é a escrita da Julia Quinn, não a toa a Editora Arqueiro vai lançar de uma vez só em box de luxo os quatro volume da série do Quarteto Smythe Smith e eu já estou ansiosa para ler todos!

Recebemos esse livro de cortesia em troca de uma opinião sincera. Obrigado editora:


Tecnologia do Blogger.