Escravos do tempo...


Nessa semana me deparei observando como o mundo está tumultuado... Porque tanta pressa? Nunca temos tempo para nada. Seja no ônibus, no transito, no trabalho, na escola, na faculdade, em casa. É uma época de profunda confusão e stress, fadiga e problemas emocionais. Tão bom seria se pudéssemos parar uns instantes para contemplar o céu, o passar das nuvens e a brisa suave nos nossos rostos... Ouvir o canto dos pássaros e despreocupar-se de outros afazeres, por pelo menos uns instantes. infelizmente já não sentimos o cheiro das flores, nem o frescor da manhã. Acordamos preocupados com o tempo, tempo, tempo, tempo...  Mas de que vale fazer tantas coisas se não as sentimos? Precisamos dar mais valor a vida, ela é tão efêmera e frágil... sem que percebamos, a areia do tempo está acabando, será que vamos virar a ampulheta? Se o tempo é uma questão de prioridade, qual é a sua?
Alexandre Melo

04/07/2011

Tecnologia do Blogger.